Harry Potter and the Cursed Child – J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne

harry-potter-and-the-cursed-child-jk-rowling-dani-que-disse4

“Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é muito fácil agora, já que ele é um funcionário cheio de trabalho no Ministério da Magia, um marido e pai de três crianças na idade escolar. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, precisa lidar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. Enquanto passado e presente começam uma sinistra fusão, pai e filho aprendem uma verdade desconfortável, pois a escuridão vem de lugares inesperados.”

Eu sei, eu sei. Quando comprei o livro na madrugada de 31 de julho, eu prometi que logo viria a resenha. Agora, quase dois meses depois, que consegui parar para escrever. Sabe o que aconteceu? Tive sentimentos conflitantes sobre a oitava história de Harry e também não sabia muito como abordar a história por aqui.

Só quero lembrar a vocês uma coisa antes de começar a falar propriamente da história e expor minha opinião: a história não é somente de J.K. Outros dois autores escreveram o livro junto com ela: John Tiffany e Jack Thorne, responsáveis por ajudar Rowling a escrever e dar vida ao Harry nos palcos do teatro. Eles chegaram com a ideia até ela, que disse que a visão do espetáculo deles era bem parecida com o que ela tinha pensado sobre a próxima geração de personagens.

Como não quero dar spoilers, não vou falar muito do que trata a história. Só para situar, o livro começa no prólogo de “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, com os filhos dos personagens indo para Hogwarts. Alguns anos vão sendo pulados e vemos um conflito crescente entre Harry e seu filho Albus, pois Albus não sabe lidar com o fato de ser filho do famoso Harry Potter. Esse é o principal motor do livro e tudo que acontece gira em torno desse relacionamento.

Também vemos o nosso trio favorito lidando com a vida adulta, mas o destaque fica para a história dos Potter. Não vou falar mais, pois prefiro deixar o mistério no ar para ser descoberto por você.

harry-potter-and-the-cursed-child-jk-rowling-dani-que-disse

Primeiro de tudo: tenha em mente que o livro é o script de uma peça de teatro. Ou seja, as únicas informações presentes são o diálogo dos personagens e a localização da cena. Sério, as coisas vão ficar muito mais fáceis assim. Confesso que estranhei um pouco no início da leitura, mas depois já estava morta de vontade de pegar o primeiro avião para Londres e assistir “Harry Potter and the Cursed Child”.

Agora, comentando sobre a história… Essa foi a parte que eu mais tive mixed feelings. Se por um lado foi ótimo voltar ao universo mágico criado por J.K., rever personagens queridos e conhecer um pouco melhor os novos (eu AMEI um personagem da nova geração e não, não foi o Albus); por outro lado, foi meio esquisito ler Cursed Child, pois não senti como se fosse uma continuação da história de Harry escrita pela Rowling. Parecia que eu estava lendo algo escrito por outra pessoa.

Achei que a história central deixou um pouco a desejar. Claro que foi ótimo ler certas cenas que aconteceram por conta dela, mas isso não tira o fato de ter achado meio nada a ver. Sem contar que senti falta de mais cenas com Harry, Rony e Hermione. Afinal, eles são os personagens principais da série, né?

harry-potter-and-the-cursed-child-jk-rowling-dani-que-disse2

Foi legal ler sobre os filhos deles? Sim, mas isso não tira o fato de que eu leio HP por conta do trio que me fez amar a história. Acho que a fase adulta deles poderia ter sido mais explorada e isso não teria tirado o foco da história do querido filho do Harry, que, falando nisso, não é nem um pouquinho carismático. Tudo que achei dele foi um adolescente mimado e chato.

Mas, como disse anteriormente, fiquei louca para assistir a história ao vivo! Fiquei super curiosa imaginando como eles fazem a mágica acontecer no palco, deve ser algo maravilhoso. Outro ponto positivo foi o final, que achei bem bonito e de emocionar, praticamente salvou o livro. E, por fim, como já disse antes, foi ótimo ver novamente personagens que amamos. Tive uma sensação nostálgica e já quis tirar meus Harry Potter da estante e ler tudo novamente.

harry-potter-and-the-cursed-child-jk-rowling-dani-que-disse3

Clica que aumenta!

É uma boa história? Sim. É o que a gente provavelmente queria ler? Não. É ótimo voltar ao universo mágico? Sim. É uma história que merece ser lida? Se você é Potterhead deve SIM ler “Cursed Child”, mas não vá com tanta sede ao pote pensando que vai ser o melhor livro, porque não é. A J.K. deveria explorar mais o universo? Com certeza! Mas acho que não usando mais o Harry e sua cria. Espero ansiosamente o dia que ela vá escrever uma história sobre os Marotos. <3

Comprei o livro na hora de seu lançamento, portanto ele é em inglês. Minha versão é a americana, sendo um pouco diferente da britânica. O lançamento da edição brasileira fica por conta da Rocco, marcado para 31 de outubro.

4_dif_estrela
ISBN | 9781338099133
Editora | Scholastic
Páginas | 328
Autores | J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne

 

Fiquei chateada por não ter gostado tanto assim do livro… Queria ter amado, mas não foi bem assim. 🙁 E você, já leu? O que achou do livro? Se não leu, o que espera que o livro leve até você? Me conta nos comentários!

Mais sobreDanielle

Carioca apaixonada por brigadeiro e batata-frita. Não necessariamente nessa ordem.

83 pensamentos sobre “Harry Potter and the Cursed Child – J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne

  1. Maria Clara Barreto

    ADOREI O SEU BLOG!!! É muito incrível! Está de super parbéns, vou dar mais uma lidas nos outros posts aqui.

    http://ponyrandom.blogspot.com.br/ Posts novos toda semana

    Responder

    1. Danielle

      Oi, Maria! Fico muito feliz que tenha gostado 🙂

      Responder

  2. Juliana

    Ai Dani, até hoje não li, acredita?! Eu sei que vou ler ainda, mas por enquanto ainda não tô com “coragem”. Porque como você falou, foi uma história que esperamos por tanto tempo, né? Dá aquele medinho de não atender às expectativas.
    E vai ser o primeiro livro no formato de peça de teatro que eu leio, então vai ser uma experiência bem diferente. E deve ser incrível mesmo quem tem a oportunidade de assistir à peça. Também fico pensando como eles conseguem fazer a parte da magia no palco.
    Apesar de achar legal saber sobre os filhos deles, também esperava que a história girasse mais em torno da vida adulta do trio. Acho que é o que a maioria dos fãs esperavam. Sempre tive curiosidade para saber como eles seriam e o que fariam quando adultos.
    Eu gostei bastante da sua resenha <3 Você conseguiu colocar os principais pontos positivos e os negativos sem revelar muito da história.
    E nem conheço o filho do Harry mas já não gosto dele pelo que você falou hahaha
    Quando eu finalmente ler, te conto o que achei!

    Beijos ♥

    Responder

    1. Danielle

      Ju, esse também foi o primeiro livro no formato de peça que li. No início estranhei, mas depois foi super tranquilo! Senti falta da escrita da Jo, é claro, mas esse formato diferente não foi nenhum empecilho.
      Fico muito feliz que você tenha gostado da resenha! Eu tentei trazer o mínimo possível da história, principalmente depois de ver um vídeo no youtube que a pessoa me vira e fala “sem spoilers” e conta a trama principal do livro! Nossa, se eu não tivesse lido ainda ia ficar muito chateada haha
      Me conta sim, estou esperando sua resenha da história ♥

      Responder

  3. Clara Rocha

    Ai meu deus não sei o que pensar sobre essa resenha. Primeiro que eu não queria ler o livro em inglês porque apesar de eu entender, saberia que seria um desafio e aí que minha ansiedade e expectativa em cima do livro ia aumentando cada vez mais e eu fico meio triste que eu já li outros posts iguais ao seu. Que a história é boa mas que não é tudo isso e agora eu fico com essa ansiedade. Eu com certeza vou ler, mas gostaria por exemplo que fosse algo escrito pela J.K e não no formato de script, porque esse tipo de leitura eu não gosto muito.

    Responder

    1. Danielle

      Clara, o livro vai ser lançado em português já no final do mês, então você vai poder ler! 😀
      Eu também li algumas resenhas falando mais ou menos a mesma coisa que eu, infelizmente! Não foi um livro unânime para o fandom, ele se dividiu entre gente que amou e gente que teve a mesma opinião que a minha!
      Pelo menos temos o filme Animais Fantásticos com roteiro da J.K.! Espero que ela continue expandindo o mundo e deixe o HP quietinho, escreva sobre outras coisas… TIPO OS MAROTOS ♥

      Responder

  4. Mayara Vieira

    Acredita que nunca li nem vi nada de Harry Potter? Mas sei o quanto é maravilhoso para todos que curtem. Adorei o post! Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br

    Responder

    1. Danielle

      Menina, como assim?! Leia! Você vai amar, tenho certeza!!

      Responder

  5. Lilian Moraes

    Eu estou com sentimentos conflitos sobre o livro, eu quero ler mas ao mesmo tempo não. Por causa que estou tão acostumada a ver o trio e a história deles adolescentes, que dá medo de ler o livro e me decepcionar. Eu comprei o livro mas não li ainda hahaha.
    O fato de ser como um script me deixa tensa também, pois odeio livros assim, mas vamos ver né.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Lilian, para mim o problema não foi ser escrito em script, foi a história! Sei lá, eu acho que tinha tanta coisa para ser escrita e foi por um caminho totalmente bizarro… Acho que deve funcionar de uma ótima maneira no teatro, mas a história não me convenceu, infelizmente 🙁

      Responder

  6. Pathy Guarnieri

    Acredita que nunca li e/ou vi os filmes? O tema ainda não me atraiu, mas acho que darei uma chance. xD

    Beijo!

    Responder

    1. Danielle

      Pathy, veja pelo menos os filmes! Eles são ótimos e acho que você vai gostar bastante 🙂

      Responder

  7. Simone

    Não sou muito fã, que pena que o livro não lhe impressionou positivamente.
    Charme-se

    Responder

    1. Danielle

      Simone, infelizmente não era o que eu esperava para uma continuação da história do Harry… 🙁

      Responder

  8. Tamara Mansur

    Oláá!!
    Não creiooo, primeira resenha que leio do novo livro do Harry Potter! Adoreei!
    Mas estou meio chocada que tem outros dois autores no meio disso… Também não imaginava que era tipo o musical mesmo, apesar de saber do musical, achei que seria uma história tipo as anteriores e que eles adaptaram.. Confesso que já perdeu um pouco a magia para mim.. Mas cooom certeza vou ler!! hehe
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Tamara, infelizmente a história não foi o que eu esperava de uma continuação de Harry Potter, mas teve muita gente que gostou, então talvez você curta!

      Responder

  9. Carolina R.

    Acredita q nunca li nada de HP?
    bjs

    Responder

    1. Danielle

      Menina, como assim?! Pelo menos já viu os filmes? Dê uma chance aos livros, você vai gostar!!

      Responder

  10. Thaís

    Dani! Primeiro eu queria te dar os parabéns, porque essa resenha está maravilhosa. Você foi sincera em suas opiniões e eu super admiro isso, principalmente por ser um livro bem comentado. Eu não li ainda, mas é bom saber a sua opinião. Sou fã maníaca e agora irei com um pouco menos de sede ao pote. Hahaha. Eu imaginei, pela sua descrição inicial, o filho do Harry bem mimado mesmo. Espero não me irritar lendo sobre ele! hahahaha
    Um beijo!

    Responder

    1. Danielle

      Thaís, que bom que gostou da resenha! ♥ Talvez você se irrite um pouco com o Albus, eu sei que eu me irritei muito, haha! Olha, talvez você goste da história, vi que bastante gente curtiu! Infelizmente eu não fui uma dessas e acho que a J.K. deve deixar o Harry quietinho e explorar outros aspectos do mundo bruxo e ESCREVER UMA HISTÓRIA SOBRE OS MAROTOS! Hahaha!

      Responder

  11. Váh

    Putz, eu não gosto de Harry Potter HAHAHAHAH 🙁

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Váh, como assim?! :O Você já viu os filmes ou leu os livros?? Dá uma chance!

      Responder

  12. Yanna

    Achei super legal ter mais um livro, mas também acho que ele poderia ter focado mais no trio e a vida adulta deles, mas também queria muitooooo assistir a peça, deve ser muito legal!!
    Beijooos
    Yanna Karim

    Responder

  13. VANESSA BRUNT

    Socorro, Dani! O lançamento de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” está cada vez mais próximo e, logo nesta época, você nos traz uma análise tão enriquecedora e com total conexão. A minha curiosidade para saber dos detalhamentos da estória só aumentam. Senti um enorme vazio no desfecho da saga de Harry, já que não tivemos, nos confins, a sensação de um real reconhecimento perante os protagonistas, que por tanto passaram, formando um legado a ser estudado e admirado. É maravilhoso sentir que, finalmente, as demonstrações dessas ‘grandezas merecidas’ surgirão e é incrível saber mais sobre os rumos profissionais e pessoais que cada personagem tomou, comprovando mais sobre lealdade e afins. Imagino o tanto de lições que ficam em entrelinhas no prosseguimento. Fiquei triste, por outro lado, por sentir que muito provavelmente irei compartilhar das mesmas opiniões que você. Não imagino a J.K. dividindo algo tão íntimo com outras mentes, não imagino ela construindo esses pesos não somente com inspirações conectadas a alheios, mas com dedos deles futucando diretamente. Estou pensando agora no quanto, por esses quesitos, a história pode mesmo ter se perdido em certas questões, pode ter saído do universo ao qual, de fato, deveria pertencer… mas creio que o que mais vale são os detalhes que possam nos fazer sentir mais completos, reflexivos e satisfeitos. O resto, bom, nós, trouxas, podemos também criar.

    Você é incrível e estava morrendo de saudades de mergulhar em cada pedacinho desses seus conteúdos.

    http://www.semquases.com

    Responder

    1. Danielle

      Brunt, foi ótimo saber mais sobre nosso querido trio. Mas, infelizmente, não foi o foco principal do livro. Acho que esse foi o maior pecado! Claro que é interessante saber sobre os filhos dos nossos protagonistas, mas eu estive com o HARRY até o fim, então quero saber mais sobre a história do HARRY.
      Me decepcionei um pouco que J.K. dividiu sua história tão amada com outras pessoas e acho que esse foi o problema e que trouxe a ideia central maluca do livro. Acho que é uma história que deve funcionar no palco, mas eu levo esse livro como um “universo expandido” de HP e não como história “verdadeira”.

      Responder

  14. Mariana Leite

    Eu acho q não seria uma boa eu ler, pq tenho expectativas muitooo grandes com harry potter, acho que ficaria um pouco decepcionada sabe? Mas é como vc disse, temos que entender ´que vem de uma peça de teatro, mtas coisas não vão ser abordadas como queremos. Mas eu ameeei sua resenha, muito bem elaborada e explicada *-*

    http://www.teoremademahlli.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Mariana, eu acho que você deve ler SIM. Mas não vá com muita sede ao pote pois você pode se decepcionar um pouquinho. A história não era exatamente o que eu esperava e acho que por isso me decepcionei um pouco. Mas você talvez goste!
      Eu também queria muito assistir à peça, acho que ia ter curtido mais a história dessa forma.

      Responder

  15. Marina

    Eu acho que sou a única que não gosta de Harry Potter. hahahhaah mas enfim, boa resenha <3
    Beeijos

    http://www.marinaalessandra.com

    Responder

    1. Danielle

      Marina, como assim?! Não aceito! Hahah! Você já viu os filmes e/ou leu os livros?

      Responder

  16. Marcela Miranda da Paixão

    Que livrão mais amo! Eu não sou fã, mas eu adoro a história, já assisti alguns filmes.
    Um beijão.

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Marcela, dê uma chance aos livros! É uma leitura bem boa 🙂

      Responder

  17. Duane

    Oi Dani!
    Eu baixei o livro e não li até agora porque bateu uma intuição de que me sentiria que nem você: bem mais ou menos em relação à história.
    Ficou um sentimento de que é mais uma fanfic do que uma história feita todinha pela J.K, né? Sei lá, eu já estava com os dois pés atrás pra ler, agora fiquei ainda mais receosa. Mas antes do fim do ano eu leio, certeza. Afinal, potterhead não pode perder, né?
    Eu também queria muito ver a peça!
    PS: amei, amei, amei sua varinha e seu pomo ♥♥♥
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    Responder

    1. Danielle

      Duane, não me leve a mal, eu acho que você deveria sim ler o livro! Mas com as expectativas lá embaixo, porque talvez não seja a história que você esperava depois de tanto tempo! E eu acho que chamar de ‘fanfic’ é uma ótima maneira de classificar Cursed Child. É uma história perfeita pra fanfic e não como segmento ‘de verdade’.
      Heheh que bom que gostou do pomo e da varinha mas não são meus, eu peguei emprestado do meu namorado! 😛

      Responder

  18. Janaína Santos

    Também não curto Harry Potter.
    Mas pra quem gosta é legal ter o livro.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia

    Responder

    1. Danielle

      Janaína, como você não gosta de HP? Impossível não curtir! 😛

      Responder

  19. Thaís Ferreira

    Fiquei curiosa pra ler, esse contato com a história novamente deve ser muito bom, mesmo sendo um texto de uma peça e tudo mais…

    http://amebatom.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Thaís, foi ótimo voltar ao mundo bruxo, mas não exatamente como eu queria, infelizmente 🙁

      Responder

  20. Camila Faria

    Oi Danielle, eu sou bem por fora de todo esse universo HP, mas li algumas críticas semelhantes à sua. Parece que a maioria das pessoas ficou mesmo um tiquinho decepcionada.

    Beijo, beijo :*

    Responder

    1. Danielle

      Camila, pois é! Muita gente também não gostou da história, não era exatamente o que a gente esperava… (Pelo menos eu queria ler algo completamente diferente!).

      Responder

  21. Mariana

    Não acredito que esse livro seja Ó, QUE DEMAIS, mas estou louca para ler. Tenho muita curiosidade de saber mais sobre a vida adulta da Hermione, por exemplo. Tá na lista de livros para ler!

    Responder

    1. Danielle

      Mariana, o bom de ir com a expectativa baixa é que o que vier é festa! Acho que você vai gostar do livro 🙂

      Responder

  22. Kaila Garcia

    Acredita que até hoje só assisti o primeiro filme dele? Nunca li nada e nem assisti o resto dos filmes. É uma história que eu acho tão bacana, que eu gosto tanto. Comprei todos os filmes ontem e dessa vez vou assistir! Depois de ler a sinopse do livro eu vi que as coisas mudam e muito né? Nunca que eu achei que ele ia casar e ser pai. Amei sua resenha, Dani.

    http://www.kailagarcia.com

    Responder

    1. Danielle

      Kaila, como assim?! Espero que já tenho assistido aos filmes, me conta o que achou (apesar de ter certeza de que a sua opinião vai ser: AMEI!)!

      Responder

  23. Flávia

    Eu não acompanhei muito os novos livros do Harry Potter, lembro de ter lido loucamente até o terceiro – ainda estava na escola na época… mas assisti todos os filmes…

    bjs

    http://www.digoporai.com

    Responder

    1. Danielle

      Flávia, volte a ler os livros! Acho que você vai gostar muito, se gostou dos filmes! Muita coisa não foi para as telonas 😉

      Responder

  24. Julie

    Não li nenhum dos livros de HP, mas conheço umas pessoas que leram todos e super adoram! Sou um pouco por fora desse universo, pois nem os filmes eu vi todos, mas dos que eu vi eu gostei bastante 🙂

    Responder

    1. Danielle

      Julie, como assim não viu nem todos os filmes? Pare o que estiver fazendo e vá JÁ terminar a saga! 😛

      Responder

  25. Clayci

    E eu que ainda nem comprei o livro?
    Estou me segurando por motivo de dindin? hauhauhauhauha
    A capa é maravilhosa e adorei a sua análise.
    Vi muitas resenhas criticando o conteúdo, falando que fugiu e muito da personalidade dos personagens.. mas depois fiquei me questionando. Eles eram crianças na época, é natural crescerem e mudarem não? rs

    Enfim
    SUAS FOTOS FICARAM LINDAS

    Responder

    1. Danielle

      Clayci, eu acho que é muito natural crescer e mudar, mas algumas coisas continuam iguais, né? Eu não sou a mesma de 10 anos atrás, mas ainda tenho alguns gostos e jeitos da Danielle de 15 anos… Concordo que a personalidade deles mudou, mas não foi algo determinante para o livro não ter sido o que eu esperava e sim o fato da história principal ser completamente nada a ver :/

      Responder

  26. Lua Soares

    Bacana a resenha! Mas não curto muito HP e nem esse mundo dele.

    Beijos

    Blog Lua Soares

    Responder

    1. Danielle

      Como não Lua??? Pare o que estiver fazendo e vá ver pelo menos os filmes!

      Responder

  27. carolina Nascimento

    Eu ainda não li, confesso que estava bem ansiosa para ler ele mas ando lendo críticas bem severas sobre ele. Gostei muito da sua resenha.

    Responder

    1. Danielle

      Carol, que bom que gostou da resenha! 🙂 Infelizmente ele não é o que a gente esperava, mas não deixou de ser legal voltar para o universo de HP!

      Responder

  28. Thami Sgalbiero

    Cara, eu fiquei muito feliz quando a Rowling anunciou o lançamento desse livro. Eu vejo o final do último, as Relíquias da Morte, e ficava pensando “Cara, poderia ter uma continuação, dos filhos deles lá, seria incrível!” e ela realizou meu sonhozinho, hahaha! Isso pra mim é novidade. Isso que o livro é um script de uma peça de teatro. Acho que por essa mudança do jeito de mostrar a história, você tenha sentido uma diferença. Dos livros eu só li o primeiro, porque só tenho o primeiro mesmo, tenho o primeiro e o 5º, mas não dá pra pular do 1º livro pro 5º né? Então espero apenas uma oportunidade de ler os outros na ordem. Todo mundo tá falando isso do filho do Harry, tadinho, hahaha! Ok, já quero ler, já quero ver o filme, já quero ver a peça. Socorro! Hahaha! Por que você fez isso comigo, Dani?

    Beijos!

    Responder

    1. Danielle

      Thami, eu também pensava que a J.K. poderia escrever um pouco sobre os filhos deles, mas não acho muito o foco, sabe? Pra mim esse livro deveria ter mais do nosso trio favorito, mas focou em problemas do Albus que, sinceramente, só me convenceram que ele é um adolescente estúpido e chato pra caramba hahaha.
      Eu senti uma diferença leve por conta do livro ser em script, mas depois que acostumei já ficava imaginando como a cena poderia ser apresentada no palco, tem muita coisa que deve ficar incrível no teatro!
      Leia os livros, Thami!!!! O submarino vira e mexe faz promoção de todos eles, aproveita!! São muito bons e você não vai se arrepender 🙂

      Responder

  29. Ingra

    Ai chega me tremi toda com essa resenha. Ainda não li Cursed Child porque tô tentando tomar aquela coragemzinha sabe? Na real eu tenho bem certo na minha cabeça que vou tratar um livro como se fosse uma fanfic. At´é o formato vai me deixar com saudades das descrições de lugares e pessoas maravilhosas que a Jo fazia então não vai ter como
    Mas enfim, fico feliz que o final é bom <3
    Adorei a resenha e a sinceridade hahaha
    Beijoca :**

    Responder

    1. Danielle

      Ingra, eu acho que você deveria ler! Mas eu também não encarei o livro como “algo sério”, é mais uma fanfic mesmo, infelizmente!

      Responder

  30. Caverna Literária

    Eu comecei a ler esse livro e logo parei por ser narrado como script. Tenho noção de que é uma obra de teatro, mas foi muuito estranho ler algo escrito daquele jeito, então preferi deixar quieto. É uma pena que não dê pra se conectar muito com os personagens como nos livros anteriores, mas imagino que dê uma baita vontade de assistir à peça mesmo!! Depois da sua resenha, quem sabe eu dê uma segunda chance ao livro ♥

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Carol, se você é Potterhead, eu super recomendo a leitura do livro! Agora, é aquilo… Não é a história que nós esperávamos depois de todos esses anos, infelizmente 🙁

      Responder

  31. Mi

    Antes de tudo, que fotos lindas! <3 Ah, sou Sonserina desde pequenina e curti a historia, mas ainda espero maaais pelo livros dos marotos (com Sirius, paixao eterna!), sabe? ^^ Ah, os Malfoy são os melhores! HAhahahah <3333
    Beijos!

    Responder

    1. Danielle

      Mi, yay obrigada! ♥
      Hahahaha não sou a maior fã do Draco, mas Scorpius… Muito fofo! ♥ E também quero muito o livro dos marotos, acho que ia ser demais!!! J.K. esquece os filhos dos Harry e conta a história do pai dele!!!

      Responder

  32. Leite com biscoitos

    Eu sou muito fã da série e confesso que fiquei super receosa pra comprar esse livro justamente por ser um script de uma peça de teatro, e eu acabei vendo que meus receios na sua resenha, até porque, o que me fez amar ler os livros de harry potter foi justamente a escrita da J.K. Confesso que até fiquei um pouco decepcionada com as suas considerações finais, e concordo que a j.k devia explorar mais esse universo, mas seria melhor deixar o pobre Harry em paz e fazer outro protagonista pra novas aventuras não é?

    Responder

    1. Danielle

      Olha, é exatamente isso que eu acho! Ela deveria deixar o Harry e seus filhos em paz e explorar o universo bruxo de outras formas, exatamente como ela pretende fazer com Animais Fantásticos! Só espero muito que ela considere escrever um livro sobre os Marotos, eu espero isso desde que li o terceiro livro, hahaha! ♥

      Responder

  33. Gabriela Soares

    Não me mata, mas eu nunca li nem assisti nenhum dos livros/filmes do Harry Potter, acredita? Tenho vontade, mas af, a preguiça é tãaaaao grande </3. Eu amei a sua resenha e a sinceridade sobre a leitura, eu não leria justamente por não ter lido os anteriores, mas pra quem é fã, deve valer a pena, nem que seja só pra matar um pouquinho da saudade do universo todo, né?
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    Responder

    1. Danielle

      Gabi, como você nunca leu ou assistiu algo sobre HP? :O Olha, eu acho que se você der uma chance vai se apaixonar, sério! 🙂 Dá uma chance aos filmes, pelo menos! É menos tempo ali naquele universo e tenho certeza que vai te dar vontade de ler os livros, hehe!

      Responder

  34. Luly

    Na verdade a J.K. sequer escreveu a história, né… Foi o Jack Thorne, ela só leu, falou “aham, ok, mete bronca” e aí veio o grande erro: assinou como se tivesse se envolvido mais naquilo do que envolveu. E causou decepção na galera com isso, claro.
    Eu acho que Cursed Child deve funcionar MARAVILHOSAMENTE nos palcos (eu amo ler roteiros, então essa parte pra mim foi fácil), mas não considero uma continuação exatamente porque não é dela. Pra mim é meio que universo expandido, que nem os autores que escrevem livros de Star Wars: a gente até acha legal, até considera umas partes, mas não é a coisa em si.
    Tendo isso em mente eu gostei bastante, até… Porque era o que eu esperava, desde o epílogo achava o Alvo um moleque chato do caramba e só se confirmou depois dessa, hahaha!

    Um dia a gente vai ver ao vivo, cê vai ver!

    Responder

    1. Danielle

      Luly, eu fiquei meio confusa quanto a essa história de J.K. escreveu/não escreveu a história porque as informações que encontrei na internet são meio contraditórias, aí resolvi acreditar que ela não ia deixar qualquer pessoa meter o dedinho e escrever qualquer coisa, né? Me recuso a acreditar nisso, hahaha!
      Eu também levei a história como um universo expandido bem no estilo de Star Wars, é a melhor maneira para a decepção não ser tão grande! E vamos ver ao vivo sim, com toda a certeza! Fiquei bem curiosa em saber como os feitiços acontecem nos palcos!

      Responder

  35. Duds

    Puxa, gostei muito da sinceridade da resenha. Eu ainda não me sinto pronta pra ler justamente porque essa impressão de que mais parece uma “fic” do que uma continuação mesmo :/
    Igual estou curiosa para conhecer os personagens novos ^^

    Responder

    1. Danielle

      Duds, eu acho que como Potterhead vale a pena dar uma chance ao livro. Mas não vá com muita sede ao pote porque a história não é lá aquelas coisas!

      Responder

  36. Milena

    Amei o post, amei o blog, amei tudo hahahah
    Beijos
    milenasantanablog.com.br

    Responder

    1. Danielle

      Milena, sua fofa! Obrigada ♥

      Responder

  37. Ray Menezes

    Dani, esse livro/roteiro divide opiniões, viu? Já vi gente dizer que amo e gente dizer que odiou. Eu ainda não li, mas tenho muita vontade, por mais que não tenha muito destaque pro trio eu acho que só de voltar pro mundo mágico já é um afago pro meu eu potterhead xD Tô esperando a versão em português, porque minha leitura em inglês é meio bosta, confesso KAJSDLKJAKJDKA Eu acho que vou estranhar mesmo o formato de script, sabe? Acho que os detalhes da Jo vão fazer falta pra minha leitura, mas mesmo assim ainda quero demais ler Cursed Child xD

    Beijos!
    heeeymaria.blogspot.com.br

    Responder

    1. Danielle

      Ray, se você é Potterhead TEM QUE LER o livro! Não é exatamente o que a gente esperava, mas não deixa de ser uma forma de voltar ao mundo bruxo! A versão em português sai em cinco dias, YAY! 😀
      Agora estou louca esperando para ver Animais Fantásticos ♥

      Responder

  38. Lohany Lepinski

    Quando eu fiquei sabendo a respeito da peça, eu senti uma mistura de alegria e desespero. Alegria por saber que assim como pra nós fãs, pra eles HP também não acabou. Mas fiquei desesperada por temer que estragasse o quão lindo e marcante foi HP em nossas vidas. Eu to querendo muito comprar o livro, mas meu inglês não é muito bom, então seria um desafio e tanto pra mim. Ai, eu to num misto de sentimentos em conflitos dentro de mim. Acho melhor eu não esperar demais do livro, já que se você que também é fã, disse que não era aquilo que sempre esperamos. E eu realmente acredito que a maioria de nós queríamos algo que ainda falasse da vida dos personagens principais né. De toda forma, vou esperar pra ler e ver o que acho! Sua resenha foi maravilhosa ♥

    Beijos,
    http://www.maleando.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Lohany, eu acho interessante ler Cursed Child, mas é melhor não ir com muita sede ao pote… É uma boa história, mas não é exatamente o que nós esperávamos quando soubemos que a J.K. ia dar continuidade à história do Harry! Faltou um pouco mais de Harry, Rony e Hermione na história. Sem contar que o filho dele é um saco! 😛

      Responder

  39. Lorraine Faria

    Eu já me imagino sentindo o seu mesmo mix de feelings Dani! Sou muuuito apegada a história de HP, ao jeito que ela foi se desenvolvendo… e como boa taurina que sou, não sou lá muito chegada a grandes mudanças… que dirá envolvendo a forma que um dos meus livros favoritos se desenrola hahahaha

    Responder

    1. Danielle

      Lo, acho que você tem que ler Cursed Child sim! Mas vá sem esperar uma grande história no estilo dos livros anteriores! Prefiro que a J.K. esqueça o Harry e escreva sobre outras histórias do mundo bruxo (ainda espero ansiosamente um livro sobre os Marotos ♥).

      Responder

  40. Pâmela Pam

    É ruim quando a gente não ama né?
    Adorei a capa achei linda.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

    Responder

    1. Danielle

      Pam, infelizmente o livro não foi lá essas coisas. Triste mesmo, porque eu esperava muito mais de uma história do Harry 🙁

      Responder

  41. Juliana Ferreira de Faria Silva

    AI que medo, a gente sempre fica querendo saber o depois o que aconteceu mas saber que não é o que esperávamos é doloroso. Sou completamente apaixonada pela história e estou querendo demais esse livro. Contando os dias para comprar o meu e com medo tão grande de ficar decepcionada. Quero filme também, posso sonhar muito?

    Beijos
    https://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Danielle

      Ju, olha… Se eu fosse você, iria ler o livro com expectativas baixas, porque a chance de se decepcionar é menor! J.K. deveria ter ficado só com a expansão do seu universo (como ela está fazendo com Animais Fantásticos) e deixado o pobre HP em paz. Ou, ao menos, ter colocado o foco da história no trio original e não nos filhos!

      Responder

  42. Marilia Pessoa

    Quero muito ler. Curto muito todo o universo relacionado a Harry Potter, acho incrível e muito interessante! Gostei muito da sua resenha!
    bjs
    blogtrashrock.com

    Responder

    1. Danielle

      Marilia, como disse na resenha, vá com as expectativas baixas! Talvez o livro não seja como você esperava!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *